Garantindo maior confiabilidade nas fontes de iluminação desenvolvidas e produzidas pela FASA Fibra Ótica, para o uso com fibras óticas, a empresa acaba de introduzir o teste de “burn-in” no final da linha de produção, para todos os modelos destes equipamentos

FASA Fibra Ótica implementa testes de “burn-in”

Tal teste tem como objetivo principal identificar, precocemente, possíveis defeitos de fabricação de qualquer componente interno, através do funcionamento por um período de 96 horas, com intervalos de acionamento a cada 2 horas. Trata-se, portanto, de um teste adicional que visa reduzir ao máximo a probabilidade de ocorrer falhas no produto, quando instalado e em uso.

Todas as fontes de iluminação hoje produzidas pela FASA já utilizam a tecnologia de estado sólido, com base nos LEDs, o que por si só garante alta confiabilidade. A implantação do procedimento de “burn-in” foi supervisionada pelo consultor da FASA, e especialista em LEDs há 42 anos, Vicente Scopacasa.

Segundo Vicente, com o implemento desse procedimento, a FASA dá mais um passo adiante na qualidade dos seus produtos, oferecendo maior desempenho e vida útil dos sistemas de fibra ótica aos seus clientes.

A empresa informa ainda que tem trabalhado em diversas novidades e avanços tecnológicos, que em breve serão apresentados ao mercado.

Serviço:
FASA Fibra Ótica
(13) 3458-2878
fibraotica.com.br

@fasafibraotica