O alcance das tomadas nos ambientes é um problema comum à muitas pessoas, principalmente moradoras de imóveis alugados. Para ajudar a solucionar esse problema, alunos do curso de Engenharia de Produção do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) criaram Extensores Elétricos Modulares. O produto é composto por peças de 15 cm de comprimento, que podem ser conectadas umas as outras, com a intenção de “deslocar” o ponto da tomada. Para funcionar, a primeira peça precisa ser conectada no ponto de eletricidade já existente e apenas a última possui uma nova entrada.

Uma solução prática e funcional:
Para utilizar o produto, não é necessário nenhum tipo de reforma ou adaptação no ambiente, pois os extensores podem ser colados com fita dupla-face. E como espaço é sempre uma questão primordial, as peças intermediárias poderão ter entradas USB, caixas de som com tecnologia Bluetooth ou outros pontos de eletricidade. Há, também, a oportunidade de personalizar todas as peças, com estampas e cores variadas.

Na 22ª edição Eureka, em outubro, o grupo expos os extensores feitos em impressora 3D e todos os equipamentos eletrônicos do stand foram ligados por meio deles. A equipe também produziu novas peças no dia do evento, para que o público levasse e testasse em casa.

Alunos: Leandro Bastos Brandão, Pedro Henrique Paulesini Cella, Rodrigo De Mendonça Gabriel e Victor Montandon Ramos.

Serviço:
IMT – Sobre o Instituto Mauá de Tecnologia
0800 019-3100
maua.br