Os 3,15 bilhões de raios que golpeiam a Terra durante um ano, 100 milhões deles desabam no Brasil. Com uma intensidade média de 40.000 Ampéres, isto é, cerca de 10.000 vezes maior que a intensidade da corrente que circula nos aparelhos elétricos em nossas residências, essas descargas geralmente causam grandes danos e podem até causar mortes.

Reflexos não fatais, mas não menos importantes da queda de raios na fiação elétrica residencial, são as queimas de aparelhos eletrônicos, como computadores e até mesmo eletrodomésticos como as máquinas de lavar roupas ou mesmo a interrupção de energia elétrica. Embora seja difícil determinar o total dos prejuízos causados pelos raios à sociedade, acredita-se que, só no estado de São Paulo, eles sejam da ordem de centenas de milhões de reais a cada ano. Quando fatais, só no Brasil, cerca de 200 cidadãos morrem, todos os anos, atingidas por esses raios ou descargas elétricas.

É possível proteger sua residência e aparelhos eletrodomésticos das descargas elétricas. Para as novas construções, o processo é simples e requer apenas a instalação de DPS (Dispositivo Protetor de Surtos) da Steck, para as caixas de energia das residências.

Como instalar o DPS – Desenvolvidos para proteger eletrodomésticos contra surtos provocados por descargas atmosféricas, o DPS da Steck pega a tensão e desvia para a terra, impedindo que ela caia na rede elétrica e evitando que os equipamentos queimem. Mas, atenção, para ter esse DPS é necessário um sistema de aterramento. O ideal é que isso seja projetado junto com a construção da casa. Quando não for possível, modificações na rede da casa deverão ser feitas.

E mesmo assim não se trata de um problema que exija muito quebra-quebra. A peça, que é hoje indicada por técnicos e eletricistas como a maneira mais simples e correta de instalar o fio terra em uma residência, pode utilizar um único fio, por eletroduto, interligando vários aparelhos e tomadas.

Serviço:
Steck
(11) 2248-7000
steck.com.br