O home office que geralmente reúne armários para acondicionar livros e arquivos e uma mesa de trabalho com cadeira ergonomicamente correta, exige alguns cuidados extras. Um deles é a iluminação. Ela não só garante o conforto no trabalho como ajuda a melhorar a produtividade. 

A primeira regra é colocar sua escrivaninha próxima de uma janela. Isto permitirá aproveitar ao máximo a luz natural, o que cansa menos a vista, é mais estimulante e não consume tanta energia.

Na hora de escolher a iluminação cuide para que seja uniforme e não ofuscante, para evitar fadiga nos olhos. É recomendável utilizar uma iluminação central difusa, direcionada para baixo, com boa distribuição de luz. As mais usadas são as tubulares, fluorescentes ou LED. Este último é recomendado para quem prioriza economia e fica exposto durante muito tempo à iluminação artificial porque não emite radiação. O ideal é que as luminárias sejam instaladas longitudinalmente às janelas, formando uma fila dupla no teto, de forma que equilibre a entrada de iluminação natural com a artificial.

Outra alternativa é instalar luminárias pendentes sobre a mesa de trabalho. Elas dão um efeito estético atraente e direcionam a luz para o ponto mais importante do local. Mas cuidado para não escolher lâmpadas que esquentam e podem gerar desconforto, neste caso o LED é o mais indicado por não gerar calor. O branco neutro (4000K) é a temperatura de cor ideal para ajudar na concentração, ao contrário da amarela que é desestimulante, e da branca que deixa o ambiente muito frio.

Luminária de mesa direcionável também é recomendável, pois ajuda naquelas atividades em que precisa de mais concentração. Mas atenção, luz direta se usada durante muito tempo cansa. Por isso, prefira sempre as luzes amarelas, além de mais parecidas com a luz natural elas não distorcem as cores e não fadigam. Evite colocar iluminação direta sobre a tela do computador para não prejudicar a visão.

Se tiver espaço, uma luminária de piso pode ser usada não só para dar um clima como para valorizar um ponto de leitura. Caso use o home office também para relaxar, com um sofá ou uma chaise, recorra à iluminação indireta e de preferência com lâmpadas de temperatura de cor amarela, 2.700K.

Focos de luz perto de prateleiras podem ajudar na hora de identificar um livro ou documento, mas cuide para que tenham controle independente e possam ser ligados somente quando precisar. Embora as áreas de trabalho devam ser bem iluminadas, lembre-se, luz demais cansa. Evite muitas informações visuais que podem tirar a concentração e distrair, afinal, o home office é antes de tudo um local para trabalho ou estudo.

Serviço:
Lâmpadas Golden
0800 602 -2383
lampadasgolden.com.br