Marca inaugura novo showroom em parceria com designer alemão.

Um dos lighting designers mais influentes da atualidade, o alemão Ingo Maurer inaugura no dia 22 de setembro, em parceria com a FAS Iluminação, na Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 413, aquele que será o único ponto de venda de sua marca, em escala global, a oferecer todas as suas coleções. Com cerca de 1000 m², o novo espaço, que vai ocupar três pavimentos de um edifício pré-existente, entre a Avenida Brasil e a Rua Estados Unidos, foi inteiramente redesenhado por Ingo com o objetivo de oferecer condições ideais de apresentação de sua extensa linha de produtos.

Da pop Bulb, a primeira luminária projetada pelo designer, passando por peças consideradas verdadeiros clássicos do design como os spots com tirantes da linha Ya Ya Ho; as lâmpadas aladas da coleção Lucellino ou as luminárias da série MaMoNouchies, feitas de papel de arroz plissado e produzidas em conjunto com o estilista japonês Issey Miyake, o universo icônico de Maurer promete estar muito bem representado.

Assim, logo à entrada, um túnel cenográfico conduzirá os visitantes até um amplo hall, com pé-direito duplo e teto de vidro, que pretende, na maior parte do tempo, contrapor iluminação natural – diurna ou noturna – às peças suspensas e de maior porte. “Será a oportunidade de confrontar as criações de Ingo sob o sol a pino ou tendo as estrelas como pano de fundo”, conta Arystela Rosa Paz, empresária proprietária da FAS, que há 19 anos representa a marca Ingo Maurer no Brasil e que acompanhou, passo a passo, a implantação do projeto.

“Como todo artista, ele é extremamente meticuloso e não deixou escapar nenhum detalhe. Das paredes desiguais dos lavabos à atmosfera campestre da copa, foi ele que encaminhou todas as escolhas”, conta. Depois, a partir do hall, o visitante terá a oportunidade de vivenciar três experiências distintas: conferir de perto as luminárias e artefatos projetados pelo designer no extenso showroom que se abre à sua frente; ir para a copa e saborear um delicioso café ou se dirigir ao andar superior da loja para desfrutar da vista de seu bem iluminado terraço.

Admiradora confessa da obra de Maurer, é a própria Arystela que arrisca uma explicação sobre o fascínio despertado pelas luminárias que levam sua assinatura estejam elas onde estiverem. “Irreverente e provocativo, Ingo se permitiu ir além do senso comum, propondo uma percepção completamente nova, avessa a toda a monotonia pragmática do mercado de iluminação”.

Cereja do bolo de um acervo que se prenuncia de alto impacto, segundo ela, uma versão brasileira do lustre Porca Miséria, formado por dezenas de cacos de louça em suspensão, está sendo produzida com exclusividade por Ingo para ser apresentada na inauguração da nova loja, que além das criações do designer pretende oferecer a seus clientes luminárias das marcas alemãs NEXT, Serien Lighting, ClassiCon e da Italiana Oty Light.

“Estou muito curiosa. Ele não me deixou ver nenhuma foto e não falou praticamente nada a respeito da peça. A parte que fará referência a anatomia dos brasileiros e brasileiras”, afirma Arystela, que ao lado do designer de interiores Ary Lira também está preparando surpresas que prometem impactar o designer e seus convidados na noite de inauguração. “É esperar para ver”, brinca ela.

O Poeta da Luz – Do alto de seus 84 anos, o alemão Ingo Maurer permanece como uma espécie de farol a apontar – justiça feita ao trocadilho – os caminhos da iluminação. Afinal, quem, senão ele continua a se sair tão bem na tarefa de compatibilizar sensibilidade e técnica na criação de artefatos luminosos? A que outro designer a denominação “Poeta da Luz” poderia soar mais justa e pertinente?

Nascido em 1932, ao contrário do que possam sugerir suas criações, Ingo não estudou nem engenharia, nem artes plásticas. Formado em tipografia, trabalhou por alguns anos na área de design gráfico, até que decidiu se transferir para os Estados Unidos, onde estagiou em Nova York e São Francisco. Seu retorno para a Europa só se deu em 1963, quando então resolveu se estabelecer na cidade de Munique, onde até hoje vive e comanda seu escritório de criação e showroom.

Seu primeiro artefato luminoso, batizado de “Bulb”, data de 1963 e aponta, desde já, para a prevalência de um critério muito particular de desenho. Para uma simbiose entre formas escultóricas e eficiência luminosa que veio a se transformar em sua marca registrada.

Serviço:
FAS Iluminação
(11) 3086-1661
fasiluminacao.com.br