Integração dos ambientes e iluminação marcam projeto do FGMF Arquitetos em Higienópolis (SP)

FGMFEspaços integrados, remoção de paredes e criação de novos ambientes marcam este projeto arquitetônico residencial assinado pelo FGMF Arquitetos, de São Paulo. Localizado em Higienópolis, zona oeste de São Paulo, o apartamento Cizitrom teve boa parte dos seus espaços integrados, a remoção de paredes de um quarto e sala de jantar – que deram lugar a um amplo espaço contínuo, cercado de janelas de piso a teto de onde se veem as árvores do bairro e por onde entra abundante iluminação natural. Outras alterações pontuais também foram realizadas, como criação de uma suíte, a ampliação do banheiro da suíte principal e o reposicionamento do lavabo.

FGMF
Segundo Fernando Forte, sócio-titular do FGMF, para organizar os espaços, o escritório partiu da ideia de priorizar o gosto dos clientes por livros e coleções, e propôs um grande elemento que engloba o hall de entrada e o lavabo e, como em uma nova construção, cobre a sala de estar e se transforma numa lareira. “Esse grande elemento, realizado em marcenaria e laqueado de branco com detalhes em madeira, é repleto de nichos nas laterais e teto para acomodar alguns volumes da coleção do cliente”, explica Fernando Forte.

FGMF
Esses nichos também receberam duplas fitas de Led, em projeto de iluminação de Marcos Castilha, e que funcionam também como as luminárias gerais do ambiente. Em outro trecho deste “elemento”, outra estante e um painel deslizam para permitir a criação de novas configurações, como o fechamento total ou parcial da sala de jantar, ou sua completa integração.

“Buscamos manter algumas características originais do apartamento, como seu pé-direito alto e o piso de parquet. Os interiores foram projetados com peças contemporâneas de design em convívio com design brasileiro, com peças de Sergio Rodrigues e outros grandes nomes”, reforça Fernando Forte.

Serviço:
FGMF Arquitetos / www.fgmf.com.br
Marcos Castilha / www.castilhailuminacao.com.br