Engenheira da Hono Gesso aponta vantagens na utilização de gesso e drywall para deixar os ambientes mais iluminados, bonitos e aconchegantes.

Vários fatores devem ser levados em conta na hora de um projeto de iluminação mas o principal é contar com um bom projeto de gesso.

Utilizar gesso drywall nos ambientes é uma ótima solução, e não tão cara em comparação a outras opções de reforma e decoração. A engenheira da Hono Gesso, Bárbara Moraes reuniu tudo o que é importante saber para utilização de gesso em projetos de iluminação e decoração de ambientes em geral:

Instalações elétricas e ar condicionado
Com o drywall (forro e parede) os cabos e todo tipo de instalações ficam embutidas, eliminando a necessidade de quebrar paredes de alvenaria, deixando o custo mais barato.

Ruídos
A placa de gesso instalada em forros e paredes contribui para o isolamento acústico, muito útil principalmente em apartamentos. Pode-se contar também com um revestimento interno com lã de vidro para aumentar o índice de isolamento de ruídos.

Iluminação
Uma das principais utilidades do gesso em projetos de interiores é no rebaixamento de teto com iluminação embutida. Mas, para que isso funcione, é preciso que o pé direito do ambiente perca, no mínimo, 12 cm – essa é a metragem mínima para que luzes possam ser instaladas dentro do forro. Assim, pode-se direcionar, a luz para destacar objetos de decoração ou valorizar algum espaço do ambiente. A iluminação embutida aquece menos e não ofusca tanto quanto a iluminação convencional.

Nesse caso, os modelos de luminárias mais usados são os spots – pequenas lâmpadas que podem direcionar ou complementar a iluminação. Mas, antes da aplicação, é importante decidir todo o projeto elétrico e da iluminação do ambiente. Dessa forma, fica mais fácil prever o que passará e o que não passará por entre o forro de gesso, além de simplificar na hora de escolher a posição de cada lâmpada no teto.

Sancas de Gesso
Uma outra aplicação do gesso no projeto é a sanca – moldura feita normalmente de gesso. Pode ser lisa ou decorada, aberta ou fechada, com ou sem iluminação.

Na sanca aberta, a abertura da moldura fica voltada para o centro do ambiente e, no vão, pode-se embutir a luz de maneira que ela reflita no forro e ilumine o cômodo. Nesse caso, você pode optar por embutir lâmpadas tubulares. Já na sanca fechada, não há nenhum tipo de abertura, e nela só é possível utilizar iluminação direta – aqui, os spots também são uma boa alternativa para a lâmpada.

O gesso é um ótimo aliado para personalizar salas, quartos e a casa como um todo, atribuindo aconchego, funcionalidade e beleza a qualquer ambiente.

Serviço:
Hono Gesso
(11) 5612-3528
honogesso.com.br