A estação preguiçosa traz mudanças no guarda-roupa, no comportamento e também nos ambientes internos.

Geo Cerâmica

Cada estação do ano traz seus encantos e suas mudanças, tanto na natureza como na forma de nos vestirmos. Muitos não se atentam, mas, no inverno, a falta de maior luminosidade solar – por causa dos dias mais curtos e “cinzas” – gera também uma mudança na produção de melatonina (um hormônio produzido pelo cérebro durante a ausência de luz ou à noite), fazendo com que muitos mudem também seus comportamentos, por sentirem mais cansaço, sonolência, indisposição e preguiça. O frio e essas sensações levam as pessoas a ficarem mais dentro de casa.

A decoração pode e deve ser repensada nesta época, buscando elementos como almofadas, mantas, objetos felpudos ou que imitem a pele de animais, dentre outros itens, que aqueçam e tragam muito mais conforto. A elegância da estação pode estar também nas luminárias em pontos assertivos que causem um bem-estar visual, sem excessos. Abjures de mesa – como o elegante Riviera, feito de cerâmica; ou luminárias de piso, como a Copacabana; ambas desenvolvidas pelo designer Maurício D’Ávila, da Geo Luz&Cerâmica – são bons exemplos de objetos que acrescentam aconchego aos ambientes.

Luminárias assim são perfeitas para compor o clima quando a intenção é criar um “ambiente meia-luz” para assistir a um filme, ouvir música ou para saborear uma deliciosa fondue ou receita especial gourmet acompanhado com bebidas selecionadas, a dois, com a família ou com alguns amigos. Mas, é necessário pesquisar o tipo ideal de lâmpada para o efeito de iluminação desejado e o posicionamento que deve ter. Nesses casos, esses pontos de luz darão o charme do inverno e podem ser acrescidos de algumas românticas velas sobre a mesa ou em cantinhos, sem excessos e com segurança.

Serviço:
Geo Luz & Cerâmica
(19) 3032-1053
geoceramica.com.br