Problemas de saúde e queda de produtividade, e a culpada é a falta de planejamento da luz. Segundo o Ministério do Trabalho a iluminação mínima no ambiente de trabalho deve ser de 500 luxes
Luz

1- Sistema iluminação localizado / 2- Iluminação indireta / 3- Sistema iluminação geral

Empresas estão se aliando cada vez mais aos projetos de iluminação para manter a qualidade do trabalho e a saúde dos funcionários. O uso da luz natural nesses ambientes tem apresentado efeitos positivos para os trabalhadores. No entanto, a preocupação não é só com a iluminação natural, mas também com o adequado uso da iluminação artificial. Por isso, toda edificação precisa de estudo e de um projeto para a estruturação da iluminação de acordo com as necessidades específicas da atividade a ser realizada no local.

A arquiteta Vanessa Spina, do Traço D Arquitetura e Urbanismo, explicaque é através do Light Design (Projeto de Iluminação) que o arquiteto trabalha a relação entre luz e arquitetura. “Nos espaços de trabalho, esse Projeto tem como princípio fundamental a garantia do conforto do usuário na realização de suas tarefas.E é preciso destacarque um bom projeto parte da criação de um espaço que permite a utilização da iluminação natural e artificial de forma complementar, permitindo que a segunda alcance qualidade semelhante à primeira”, completa Spina.

A Norma de Iluminação (NBR/ISO 8995-1) estipula padrões para cada ambiente a partir de cálculos de interferência da luz e elementos específicos. Porém, além do dimensionamento, a definição do sistema de iluminação é um fator essencial no Projeto. “Para os denominados espaços laborativos é usual trabalharmos com o sistema de iluminação geral, porém, utilizamos de alguns artifícios como luzes de destaque para evitar a monotonia da luz no ambiente” explica a arquiteta Maria Fernanda Zumpano, sócia da Traço D.

luz

Tarefas visuais segundo a NBR 8995-1

O projeto de iluminação executado por profissionais qualificados ainda favorece a empresa com o melhor aproveitamento dos recursos, gerando economia de energia atravésda utilização de novas tecnologias e sistemas adequados para maior contribuição da luz natural.

Sobre Traço D Arquitetura e Urbanismo – O escritório foi criado em Junho de 2012 na cidade de Uberlândia – MG, motivado pelo desejo de duas arquitetas em desenvolver projetos arquitetônicos e urbanísticos que pudessem concretizar idéias e desejos de seus clientes. As arquitetas do Traço D Arquitetura e Urbanismo são certificadas em Iluminação Artificial – Luminotécnica Aplicada pela AEA Educação Continuada(São Paulo – SP), instituição especializada em cursos direcionados para Arquitetos, Engenheiros e Designers.

Serviço:
Traço D Arquitetura e Urbanismo / www.tracodarquitetura.com.br