Skip to main content

Interlight apresenta lâmpada que valoriza a cor

Marca traz ao mercado a lâmpada Realight, um produto de alta tecnologia que realça as tonalidades da cor e reduz o consumo de energia em 89%.

Interlight

COMO FUNCIONA
A lâmpada produzida no Brasil pela Interlight a valoriza em 95% de fidelidade na reprodução da cor, ou seja, é que a mais se aproxima da luz natural. Segundo especialistas, a cor do ano em 2019 será a Living Coral e para usa-la na decoração, por exemplo, a Realight é ideal pois garante a reprodução da tonalidade, trazendo aconchego e conforto visual. Leia+Mais→

Soprano amplia linha de disjuntores

A novidade da Soprano é o disjuntor SHB-L, que conta com certificação do INMETRO na norma NBR NM 60898-1 em 6kA. O produto é ideal para os padrões de entrada de energia residenciais.

Soprano

Com o novo item, a Soprano contempla agora o mercado de mini disjuntores com mais intensidade. Um dos diferenciais da novidade é o preço reduzido em relação aos demais produtos da linha. A qualidade e a confiabilidade, que são características essenciais da marca, se mantiveram no disjuntor SHB-L. Leia+Mais→

Linha 85g da Bertolucci

Assinada pelo Atelier Bam a coleção representa uma escala de dióxido de carbono que revela a natureza de cada material e sua transformação.

Bertolucci

Se a poesia remete sempre no que é essencial para cada projeto, a valorização dos materiais leva-nos a refletir sobre a quantidade de emissão de dióxido de carbono na atmosfera na sua fabricação. Esse foi o mote para a linha de luminárias 85g, desenvolvida, especialmente para a Bertolucci, pelo escritório franco-brasileiro Atelier Bam, dos designers e arquitetos Juliana Bertolucci e Clément Gérard. Leia+Mais→

Nova geração da Caixa Terminal Óptica Fibracem

A Fibracem acaba de lançar a Nova Geração da sua Caixa Terminal Óptica. Essa é a segunda versão da CTO, desenvolvida especialmente para fazer a terminação da rede até o cliente final.

Fibracem

De acordo com a CEO da Fibracem, Carina Bitencourt, a CTO NG possui sistema de vedação mecânico (SVM) que oferece uma montagem mais prática. Pode ser instalada tanto em redes aéreas, quanto subterrâneas pois possui grau de proteção IP68, que garante a vedação. Ainda, segundo a executiva, outra novidade é a entrada oval auxiliar para derivação de cabos de 5 a 12 mm, que possibilita a ampliação e continuidade da rede. “O elemento de tração dos cabos assinantes são ancorados no lado de fora da caixa, garantindo a estabilidade do cabo e a integridade da fibra dentro da caixa”, acrescenta Carina. Leia+Mais→

Boa iluminação residencial

Especialista informa como aproveitar as luzes natural e artificial

iluminação

O término do horário de verão está próximo e para aqueles que aproveitam a luz natural deste período ao longo dia, não perderão a oportunidade com um bom projeto de iluminação residencial.

A luz natural, que é a luz do sol, nos faz começar os dias mais felizes e estimulados ao bater na janela do quart, além de ter excelentes efeitos bactericidas em nossa saúde. Mas, podemos reproduzir atmosferas tão agradáveis quanto a natural utilizando a iluminação artificial, toda e qualquer fonte de luz produzida pelo ser humano. Leia+Mais→

Linha Clean LED da Blumenau Iluminação

A linha Clean LED, da Blumenau Iluminação, conta com espetos e spots que dão um destaque especial para a área externa. Recentemente, a marca lançou seis novos itens (três de cada modelo) para complementar o seu portfólio.

Blumenau Iluminação

Produtos que permanecem 24 horas na rua, conforme explica o diretor de operações da Blumenau Iluminação, Renan Medeiros, precisam ser resistentes às ações da natureza. “Eles podem ser usados sem medo, pois foram feitos com materiais próprios para aguentar jatos de água e poeira sem danificá-los, nem perder a eficácia”, diz. Todos os itens lançados possuem Índice de Proteção 65 (IP65). Leia+Mais→

Ingo Maurer em papel

Luminárias em papel do artista estão expostas na FAS Iluminação

Ingo Maurer

Algumas criações em papel de Ingo Maurer: Knitterling, Floatation, Lampampe, Zettel’z, Mahbruky, Kokoro, Ysmen, Walking in the Rain e Babadul

Foi na década de 70 que Ingo Maurer começou a se interessar pela arte do papel japonês para criar luminárias. Inspirado por origamis e shoji (portas deslizantes tradicionais), ele assinou suas primeiras e bem-sucedidas criações, as luminárias Knitterling, Floatation, Lampampe e Maru, todas desenvolvidas com papel de arroz.

Alguns anos mais tarde, de uma maneira lúdica e indiferente, produziu a Willy Dilly, uma luminária em espiral de papel simples e refinada. Já nos anos 90, Ingo aperfeiçoa a ideia e cria uma de suas peças mais icônicas, o best-seller Zettel’z, uma espécie de lustre com pequenos retângulos de papel presos por presilhas que permitem a personalização dos papéis com recados ou desenhos, tornando a peça completamente única, original e interativa. Leia+Mais→