Projeto do Studio AG Arquitetura utiliza telas tensionadas da Lumitenzi para criar plano de luz difusa.

Espaço criado pelo Studio AG Arquitetura com telas tensionadas aplicadas em luminárias

Uma gama de luz e texturas permitem que os usuários do escritório de advocacia Warde explorem sensorialmente o espaço assim que são recepcionados. Este conceito desenvolvido pelo Studio AG Arquitetura atendeu a necessidade de proporcionar interação e troca de conhecimento, sobretudo na área de convívio que está localizada no centro do conjunto comercial. Neste espaço, a luminosidade foi privilegiada e irradiada para o restante da sala e para que isso fosse possível, as arquitetas Amanda Castro e Giovana Giosa contaram com a assessoria da Fas Iluminação e o uso das telas tensionadas da Lumitenzi.

Elas desenvolveram uma luminária suspensa de madeira com tela tensionada para delimitar o lounge, criando um plano de luz difusa. Um contraponto interessante e intencional surge ao misturar um material de peso como a madeira típica brasileira com uma tecnologia extremamente atual para a iluminação. “Acreditamos que os projetos devem estar sempre em sintonia com as novas tendências sem deixar para traz a cultura e tradição. A repetição dessas luminárias no ambiente trouxe força e identidade ao projeto”, conta Giovana. Victor Yuji Tamashiro, da área de projeto da Fas Iluminação, afirma que não havia material mais adequado do que as telas: “eram as que melhor atendiam as necessidades de personalização da forma e transmitância de luz, além de sua montagem permitir futuras manutenções e arranjos”, explica.

A ideia de cubos empilhados formando uma nevoa, proporciona a sensação de divisão espacial e privacidade. Uma malha metálica reforça a ortogonalidade e ritmo dos elementos que compõem a arquitetura, que é suavizada através dos cantos arredondados da luminária e da parede curva que abriga a porta do auditório. Desta maneira, o usuário é instigado a explorar o espaço que simula de forma poética o folhear de um livro.

As arquitetas também desenharam uma divisória metálica para separar as salas de trabalho individuais do ambiente de convívio, sem barrar a luz natural no interior da sala e a artificial no restante. Elas exploraram a linha horizontal abaixo das vigas para trazer leveza e amplitude ao espaço. Para evidenciar esse conceito o painel de madeira não chega até a laje, assim como a divisória metálica e o bloco do auditório. Através de uma paleta de cores neutra e silenciosa proporcionaram o aconchego residencial para o ambiente corporativo, conectando assim as pessoas e estreitando as relações humanas.

Serviço:
Lumitenzi
tel.: (11) 2305-4264 ou 5641-8011
lumitenzi.com.br

Studio AG
tel.: (11) 3031.2488
studioag.arq.br