O fato de o banheiro ser destinado à higiene íntima não significa que ele deva ser menos charmoso e confortável que as áreas sociais. Sabemos que seu espaço nas construções modernas não costuma ser dos maiores, mas isso não impede que alguns truques de iluminação possam ser usados para dar elegância e destacar seu visual.

Quem nunca chegou em casa, após um dia estressante, e buscou na ducha uma forma de conforto? Por isso, luz demais não combina com banheiro, afinal este espaço para relaxar exige uma iluminação suave e agradável, não importando qual seu estilo. Neste aspecto, atenção especial deve ser dada à temperatura de cor: as lâmpadas branco-azuladas (6.000K) são muito claras e não geram o desejado aconchego, já a amarelada (2.700K) pode dificultar a visibilidade na hora de se barbear. Por isso, se tiver um ponto só, uma boa opção pode ser o branco morno. Uma alternativa é aplicar diferentes temperaturas de cor de forma setorizada para focar nas atividades e reduzir o impacto visual.

Um aspecto importante a considerar na escolha da iluminação é identificar se os usuários do banheiro usam o espaço também para se maquiar, barbear, depilação ou pentear os cabelos.

O ideal é usar luminárias com facho difuso e vidro translúcido para melhor distribuição da luz. Lembre-se que em banheiros a exposição ao vapor é maior, e a umidade pode reduzir a vida útil de lâmpadas, por isso, se for possível opte por luminárias herméticas. Lâmpadas fluorescentes compactas e tubulares são alternativas para iluminação geral, por distribuírem a luz por todo o ambiente.

Rasgos no gesso podem dar um detalhe especial ao espaço, e neste caso as lâmpadas PAR 20 são uma ótima opção, pois possuem proteção contra a umidade. Mas lembre-se que os rasgos acumulam sujeira. Neste caso, são recomendadas luminárias de embutir, que não acumulam umidade. Se o teto não é de gesso, uma alternativa é o uso de luminárias de sobrepor.

Evite a instalação de um ponto direto sobre a banheira. Ele pode ofuscar a visão e gerar desconforto, então uma opção pode ser o uso sancas de gesso com iluminação indireta. Há quem adote lâmpadas focais coloridas (seguindo o método da cromoterapia) para criar um espaço propício ao relaxamento.

A bancada
Sem dúvida, a bancada e o espelho são os pontos mais importantes num banheiro e aí uma boa visualização e o conforto são aspectos essenciais na escolha da iluminação. Para ter uma luz funcional e que não gere sombra nem calor, uma opção é a ULTRALED Slim. Evite também o uso de temperatura de cor branca para não distorcer a cor, dica importante na hora da maquiagem. Mas esteja atento ao tipo de tecnologia: a halógena, apesar do ótimo nível de reprodução de cor (IRC), pode causar desconforto por esquentar demais, o que não ocorre com o LED.

Fitas LED embutidas atrás do espelho dão um toque especial à decoração, mas não geram luz suficiente para se barbear ou maquiar.

Detalhe
O detalhe arquitetônico também pode vir de arandelas e, neste caso, lâmpadas com temperatura de cor amarela dão mais charme e aconchego ao espaço. Se os acabamentos são claros, eles refletem a luz, já os mais escuros exigem mais pontos e maior luminosidade.

Serviço:
Lâmpadas Golden
0800 602 -2383
lampadasgolden.com.br